27 abril, 2012


Gosto de desenhos animados, histórias fofas, românticas. Foram anos ouvindo e vendo que no final tudo dava certo que acabei acreditando e jamais me deixando abalar.
Sinceramente o que não entendo é essa banalização de sentimentos, ficar com vários e não sentir nada por ninguém, a sociedade que me desculpe, mas se dou uma chance a alguém é porque essa pessoa significa algo pra mim, podem me chamar de boba, mas eu ainda respeito e valorizo os meus sentimentos e o das outras pessoas. Valorize-se também!
Carência não é sinônimo de desvalorização!
Eu quero todos os dias lembrar que vale a pena sonhar.
E que meus Sonhos embora distantes, não são Impossíveis.

Haja ou não deuses, deles somos servos
Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
'Fique de vez em quando sozinho, senão você será submergido. Até o amor excessivo dos outros pode submergir uma pessoa."


Quem ouve música, sente a sua solidão / de repente povoada.



‎"Em nossas loucas tentativas, renunciamos ao que somos pelo que esperamos ser."

‎"Monstros são reais, e fantasmas são reais também...
Vivem dentro de nós, e, às vezes, eles vencem."


Stephen King

26 abril, 2012


Eu sei que a gente se acostuma. Mas não deveria ...

A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e não ter outra vista que não as janelas ao redor. E porque não tem outra vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E porque não olha pra fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã, sobressaltado porque está na hora. A tomar café correndo porque está atrasado. A ler o Jornal no ônibus porque não pode perder o tempo de viagem. A comer sanduíches porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E aceitando a guerra aceita os mortos e que haja números para os mortos. E aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E não aceitando as negociações de paz aceita ler todo dia, de guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios, a ligar a televisão e assistir comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o que necessita. E a lutar por ganhar o dinheiro com que paga. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagará mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma à poluição. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável, à contaminação da água do mar, à lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinhos, a não ter galos na madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta do pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só o pé e sua o resto do corpo.. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se da faca e da baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que de tanto acostumar, se perde de si mesma.

25 abril, 2012


Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as
transformamos em papel para registrar todo nosso vazio.

18 abril, 2012

“A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (…) Receio que não possa me explicar Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema: Posso explicar uma porção de coisas… Mas não posso explicar a mim mesma.”


Alice no País das Maravilhas

♪.. ♪.. ♪

Não há religião que poderia me salvar
Não importa quanto tempo meus joelhos estão no chão
Então, tenha em mente todos os sacrifícios que estou fazendo
Para manter você ao meu lado
E evitar que você saia pela porta

Porque não haverá luz do sol
Se eu te perder, baby,
Não haverá céu claro
Se eu te perder, baby,
Que nem as nuvens, meus olhos farão o mesmo
Se você for embora
Todo dia, irá chover, chover, chover


[...]

Bruno Mars - It Will Rain
E eu sou jovem demais para deixar o amor partir meu coração.

(Guns N’ Roses)

É erótico ver uma mulher que sorri, que chora, que vacila, que fica linda sendo sincera, que fica uma delícia sendo divertida, que deixa qualquer um maluco sendo inteligente. Não conheço strip-tease mais sedutor
Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: Nada é muito quando é demais

Amar se aprende amando. Não há como dominar a arte de andar de bicicleta sem nunca machucar os joelhos. Cartilhas não são o suficiente. 

A gente vive buscando garantias. Queremos que dê certo, queremos fazer dar certo, lutamos para colocar tudo nos trilhos, nos eixos. Mas a vida segue seu ritmo. Os sentimentos têm seus próprios passos de dança. E de vez em quando somos obrigadas a ensaiar um novo passo. Nem sempre dura. Nem sempre é eterno. Nem sempre é como um sonho bom. E precisamos lidar com isso. Nem que seja na marra. Nem que tenha que engolir o choro e de vez em quando forçar um ou outro sorriso. Nem que a gente tenha que fingir que está tudo bem

 Saudade de quem foi e não me avisou; de quem foi e ainda ficou; saudade de quem era e agora mudou. Saudade de quem não vejo; saudade de quem não volta; saudade de quem não lembra mais de mim. Saudade de quem eu vejo, de quem ainda falo e mais ainda de um abraço. Saudade de quem não me despedi, dos que me despedi direito e até dos que me despedi o suficiente. Saudade dos que nunca deveriam ter ido, mas foram porque era preciso. Saudades suas, saudades do tempo de não sentir saudade […]

Sei lá, só deu vontade de dormir por um dia inteiro. Assim eu evitaria decepções, evitaria me magoar como estou me magoando todos os dias. Não é vontade de morrer, é uma vontade de ficar longe de todo mundo, de tudo o que está me deixando pra baixo. É uma vontade de ir pra um lugar sem rumo, um lugar onde eu iria me sentir bem

Quando já não tinha espaço, pequena fui onde a vida me cabia apertada
Em um canto qualquer, acomodei minha dança, os meu traços de chuva
E o que é estar em paz pra ser minha e assim ser tua...
Quando já não procurava mais pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água,
.Me atirar tranquila daqui lavar os degraus, os sonhos, as calçadas
Nada do que fui me veste agora sou toda gota, que escorre livre pelo rosto
E só sossega quando encontra tua boca e, mesmo que eu te me perca,
Nunca mais serei aquela que se fez seca vendo a vida passar pela janela
‎Não é raro, tropeço e caio.
Ás vezes, tombo feio de ralar o coração.
Claro que dói mas tem uma coisa: a minha fé continua em pé.
Tudo que é verdadeiro, volta.

17 abril, 2012

Barlow Girl - I Belong to you


Em uma época em que os desejos duram o tempo de uma estação, amar virou coisa de gente corajosa.

Ela sonhava...
Um sonho bonito onde construía uma vida linda.
E tudo que estava nela era muito mais do que a imagem estática de um porta-retrato.
Um amor,seu amor,seu fruto e ela
A Clarice Lispector é meu lado fofo. A Tati Bernardi é a minha revolta. E o Caio Fernando Abreu? Ah, o Caio simplesmente me conhece e sai contando de mim por aí."


De tudo ficaram três coisas…
A certeza de que estamos começando…
A certeza de que é preciso continuar…
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar…
Façamos da interrupção um caminho novo…
Da queda, um passo de dança…
Do medo, uma escada…
Do sonho, uma ponte…
Da procura, um encontro!

Fernando Sabino
É tudo seu
Ainda tenho tantas coisas pra te dizer, e saber. Você que sempre me ganha, antes de me perder... Me faz ver. Em cada melodia e letra que eu vou escrever, tem você. Sua boca me leva aonde vou me perder. Mesmo se não for pra sempre, volto pra te buscar. Mesmo que eu siga em frente, um dia vou te levar... Mas não vá! Ainda é tudo seu aqui, é tudo seu. As horas vivem com pressa, eu ando devagar. Segredos moram comigo, eu gosto de contar, pro céu. A vida inteira é muito pouco só pra começar... Desvendar. E quando os olhos se esquentam, eu perco a direção e a razão. Mesmo se não for pra sempre, volto pra te buscar. Mesmo que eu siga em frente, um dia vou te levar... Mas não, não, não, não vá... Ainda é tudo seu aqui, é tudo seu.
(e sempre vai ser)
Quem gosta de você vai te tratar bem. Quem gosta de você se importa, quer o melhor, te procura, te liga, te dá satisfação. Quem gosta quer estar junto, demonstra, faz planos e apresenta para a família e amigos. Quem gosta manda uma mensagem bobinha só pra dizer que ama. Quem gosta carrega uma foto sua dentro da carteira pra ver quando dá saudade. Te abraça na hora de dormir. Quem gosta dá um beijo de boa noite e de bom dia. Quem gosta aguenta suas reclamações, seu stress infernal, suas manhas e manias. Quem gosta dá certeza do que sente, te olha com sinceridade. Quem gosta não faz joguinho nem te deixa pela metade. Quem gosta quer te deixar seguro !
Queria dizer que, quando acordei hoje pela manhã eu sabia quem eu era, mas acho que mudei varias vezes desde então.

15 abril, 2012


Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música.
A verdade é que sou intensa demais e não há quem dê jeito nisso. Sofro dores que não são minhas. Vibro com alegrias que não me pertecem.
"Fofoca. Dor de dente. Dor de cotovelo. Gente sem noção. Mensagens-cabeça no msn. (Odeio e, por isso, exclui o meu). Telemarketing. Telefone. Gente que não tem nada a ver com a história. Imposto de renda. Falta de dinheiro. Falta de saúde. Falta de jeito. Falta de noção. Falta de pontualidade. Falta de atitude. Falta de humor! Ficar gripada no feriado. Minha impressora. Cólica. Jiló. A síndica do prédio. Gente pessimista. Engordar. Tédio. A violência no mundo. Gente que fala “é nuix”. Homem mudo por opção. Homem hetero que usa mais cremes que eu. Essa mania das pessoas falarem: já casou? Mulher que não tem personalidade, te imita em tudo e finge que é original. Frases sem créditos ao autor. Fotos sem crédito ao fotógrafo. Falta de respeito aos artistas. Falta de incentivo aos artistas que realmente precisam. Espinha (de qualquer tamanho, em qualquer lugar). Pinça ruim que não pinça nada. Piriguete que curte TUDO que seu namorado posta no facebook. Homem que faz luz no cabelo. Shampoo Dove. Segunda-feira. Gente que se faz de vítima. Bipolares não diagnosticados (e, consequentemente, não tratados). Caneta estourar dentro da bolsa. Jornal Nacional. Música ruim. Sapato que arranca o esmalte do dedão. Gente que acha que é muito amiga. Transporte público em Belo Horizonte. Pessoas com perfume forte que te abraçam e te impregnam com o cheiro. Escritoras famosinhas que te criticam e depois escrevem o mesmo que você (ser pessimista no amor é ultrapassado, meu bem!). Quebrar a unha. A faxineira te mandar SMS avisando que só volta daqui a duas semanas. Lavar louça. Ir à praia e se preocupar com o filtro–solar toda hora (da última vez eu fiquei com um vermelho em formato de coração no joelho). Ressaca. Fazer dieta. Políticos corruptos. Sentir ciúmes. Ficar sem tempo pra não fazer nada. Gente que só te pede favor (puta merda, caralho! Parem de pedir!). Gente que fala palavrão demais. Pseudo-intelectuais. Gente com visual muito moderno (tenho aflição e fico confusa). Homens com calça skinny que não sejam magrelos e não pertençam aos Strokes. Heteros mais sensíveis que eu (vocês estão de sacanagem, né)? Gente com mania de grandeza (“ tenho um carro tal, relógio tal, caneta tal”… FODA-SE, vai escrever com Bic, seu deslumbrado!). Pessoas que maltratam garçons e vendedores de lojas (me identifico com ambos. E sofro). Ex-namoradas do seu atual que nunca tiveram TPM (morram, vocês não são humanas!). Gente que tira foto SÓ pra postar no facebook e fingir que é feliz. Suco de caju (não posso esquecer disso nunca, é minha criptonita!). Viajar de ônibus com alguém do seu lado que come mexerica (ou queijo coalho). Filmes dublados (sempre com a voz da família Dinossauro – socorro!). Ficar no vácuo no What´s up. Dizer “te adoro” e ouvir: “OK”. E, o pior de tudo: descobrir que essa lista ainda nem começou…"

Me ame '


Me ame um dia de cada vez… 
Não precisa me jurar
amor eterno, me ame aos poucos,
me ame a cada novo dia…
Me ame enquanto eu te fizer feliz!

Foi correndo entre versos e dançando entre prosas
Que sobrevivi às tristezas e cantei as alegrias…
Que carrego em meu coração.
Se você julgar um livro pela capa, pode perder uma história incrível.


É ter a certeza de que a nossa FELICIDADE depende da qualidade dos nossos PENSAMENTOS!


 Instruções para se apaixonar (meu preferido)Encha o peito com mais de trezentos suspiros, quando estiver bem levinho, solte as amarras e flutue.’

Com quantos suspiros se escreve a palavra saudade?


Decidi não ficar mais triste. Certas coisas não valem minha dor
Pessoas, muito menos.

Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional.




Tudo com o que eu me importo, me importa muito.
Me suga, me leva, me atrai, se funde
com tudo o que sou e me consome. toda.. por inteiro..
Sorte minha me doar tanto e com tal intensidade
e ainda sair viva dessa vida
Quando você tem a capacidade de não falar, não ligar e não se importar, está aprendendo o que é ser forte.

13 abril, 2012

 Só que muitas vezes eu preciso de cuidado e atenção e não sei pedir. Sei lá, acho que a pessoa tem que se dar conta. Não dá pra querer que o outro perceba o que você quer ou precisa, sei disso. Mas prefiro não falar nem pedir, por isso simplesmente deixo. Então, vejo que a pessoa não se deu conta e isso me emputece. Errado? Sim. Mas não acerto sempre, nem quase sempre, nem nunca. Eu vivo errando, afinal, a gente tá aqui pra isso, não é? Para errar, fazer certo, buscar o que nem sabemos direito.
Eu preciso me cuidar para não assustar você e quando você pergunta como estou, mordo devagar uma das maçãs que você me traz e cuido meus olhos para não me traírem e não te assustarem e não ficarem querendo entrar demais no de dentro dos teus olhos, então eu cuido devagar tudo que digo e todo movimento, porque eu quero que você venha outras vezes e eles dizem que se eu me mostrar como realmente sou você vai ficar apavorado e nunca mais vai aparecer nem telefonar — eu não aguento mais não me mostrar como sou.


r
É isso que o amor faz, empurra você para além das suas barreiras. Mesmo sob o risco de cair de cara no chão, virar uma massa machucada no lugar de alguém que antes estava de pé, em vez de alcançar a maravilhosa e livre amplidão azul que jaz mais além.


Estou sozinha. Nunca estive tão sozinha, e a culpa é toda minha. Talvez fosse por isso que não conseguia chorar, percebeu, encarando o teto com os olhos secos. Pois de que adiantaria chorar quando não havia ninguém para confortá-la? E pior, quando sequer podia confortar a si mesma?

Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história

Em geral quando termino um livro encontro-me numa confusão de sentimentos, um misto de alegria, alívio e vaga tristeza.

Érico Veríssimo

Quero continuar a viver, mesmo depois de minha morte! E por isso agradeço a Deus, que me deu esse dom, essa possibilidade de me desenvolver e escrever, de saber expressar tudo o que há em mim. Quando escrevo, liberto-me de tudo; minhas tristezas desaparecem, minha coragem renasce..

09 abril, 2012

Não sei o que me tornei hoje, talvez esteja um pouco fria, talvez apenas magoada, não sei. Só sinto que não sou a mesma depois de tudo que aconteceu, parece que outra pessoa nasceu dentro de mim e aos poucos esta se mostrando, a cada nova decepção ela aparece mais. Pra falar a verdade, estou gostando desse lado. Dificilmente se machuca com as coisas, ou apenas finge não se machucar, não dá pra definir ainda. Só sei que aos poucos vou me tornando outra pessoa. Escolha própria? Não. Consequência mesmo

08 abril, 2012

Lá Fora
seu Mundo, meu mundo
Sempre Injusto

Jabor '

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Arnaldo Jabor

Dentre os instrumentos musicais criados pela mão do homem, só o violão é capaz de ouvir e de entender a Lua. 

 Vinicius de Moraes

07 abril, 2012

Drummond

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
Então, não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menino não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.

06 abril, 2012

 Quando você diz “Eu te amo”, você esta fazendo uma promessa com o coração de alguém. Tente honrá-lo.

Clarice Lispector

Ela se entrega. Sem medo, sem vergonha, sem a menor falta de pudor. E espera receber o mesmo. Por isso, frequentemente se sente pobre, vazia, sozinha. Quem muito se dá, muito espera.

Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe nos e-mails trocados. Podemos nos telefonar , conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar meses, anos, até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo. Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E isso vai doer tanto! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!
A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente. Quando o nosso grupo estiver incompleto nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos.

O que eu gostaria de ter para o café da manhã?



 Abraços

Acho tão bonito casais que duram. Não importa o tempo, o que vale é a intensidade. Querer estar junto vale muito mais do que estar junto há 20 e tantos anos só por comodidade. Sei que estou falando obviedades, mas hoje vi um casal de velhinhos na rua. Acho que o amor, quando é amor, tem lá suas dores bonitas. A gente vê uma cena e o coração fica emocionado. Nos dias de hoje, com tanta tecnologia, com tanta correria, com tanta falta de tempo, com tanto olho no próprio umbigo e nos próprios problemas, com tanta disputa pelo poder, pelo dinheiro, por ter mais e mais, sei lá, acho bonito ver um casal de velhinhos na rua. A mão, enrugadinha, segura a outra mão. A outra mão, por sua vez, segura uma bengala. Falta equilíbrio, sobra experiência. Falta a juventudade, sobra história para contar. Falta uma pele lisa, sobram marcas de expressão que contam segredos. Envelhecer não é feio. Em tempos de botox, a gente devia olhar um pouco para dentro. De si. Do outro. Do amor.

O cérebro é o órgão de maior destaque. Funciona durante 24 horas, 365 dias, desde seu nascimento… Até que você se apaixona


Ela gosta de música, dias bonitos, cachorros, brisa do mar, sol, frio, sentir o vento dançando nos cabelos, rir até a barriga doer, falar besteira, desenvolver “teorias” malucas, filmes, viajar, chocolate, arte, você…

Uma vez me falaram que amar é se jogar de um precipício sem saber se lá embaixo vai ter alguém para segurar a gente. Foi a melhor definição de amor que já ouvi.

Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica. Por isso, faço a minha sorte. Sou fiel ao que sinto.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir… bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafézinho gostoso agora?

A situação da minha montanha de emoções hoje tá russa.

Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves da alma.

Eu sou uma eterna apaixonada por palavras. Música. E pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono. Gosto de quem mete a cara, arrisca o verso, desafia a vida
Amor não é só poesia e refrões. Amor é RECONSTRUÇÃO. É ritmo. Pausas. Desafinos. 

E desafio
Sou bem mais feliz que triste, mas às vezes fico distante.E me perco em mim como se não houvesse começo nem fim nessa coisa de pensar eachar explicação pra vida